Every smile and every tear made ​​me grow. ∿
»

baiaodedois:

Alex Sousa - BaiaoDeDois




“Se ele sentir sua falta, ele vai ligar. Se ele se importa com você, ele vai demonstrar. Não precisa cobrar. Se ele quer, ele faz. Se ele não faz, não ache que o problema é você. Apenas pare de gastar seu tempo com ele, porque ele com certeza não pretende gastar o tempo dele com você.”
Tati Bernardi.  (via odeiorotulos)

“Desde a primeira vez que te vi, eu coloquei minha vida no mudo para ouvir só você. Desfoquei-me das coisas banais, para observar apenas você. A forma que sorria, a forma que falava, que me olhava disfarçado depois ria tímido. E você sempre estava lá, então, eu também estava, só pra te sentir perto. Teu cheiro era algo incrível, de todos os perfumes, qualquer um ficaria perfeito se tivesse o aroma do teu corpo. Os outros sorrisos perderam a graça, ao menos, depois do seu, nem um outro fez meu coração bater forte, minhas mãos soarem. Quando me olhava, era como se soltasse borboletas em meu estômago, eu finalmente entendi o que era paixão. E desde então, não passou. Já fazem anos, desde que te vi pela primeira vez, mas continua tudo forte. Teu sorriso ainda tem o mesmo efeito, teus carinhos são os mais confortantes e seu beijo… me faz querer não sair dos teus braços nunca. Porque você me encontrou em algum lugar perdido em você e eu te encontrei em algum lugar perdido em mim. Te olhei enquanto me olhava, teu olhar sempre sorria, e fazia o meu sorrir também. Enquanto eu tiver você, enquanto eu carregar esse sentimento no peito, eu sei que vou estar bem, sei que vou ser feliz.”
You’re just lonely, just like me.  (via poetaciumenta)

“Antes de mudar por alguém, pense em quem já te ama do jeito que você é.”
Tati Bernardi.   (via romantizar)

“Mas eu gosto de você e não costumo gostar de ninguém.
John Green. (via recortei)


“Você não me amava, apenas gostava da minha presença, quando todos te deixavam. Você não me amava, apenas gostava de ver que alguém, realmente se importava com o seu bem-estar. Apenas gostava do modo que eu te tratava, como ninguém nunca te tratou. Você não me amava, apenas me pedia para ficar, para não perder aquela pessoa, que não se importava em se entristecer, para te ver sorrir. Você não me amava, apenas se sentia importante, quando via que, um dia sem você, era muito tempo para mim. E eu? Eu te amo, desde o início. Eu te amo, mesmo que doa. Eu te amo, mesmo sentindo tudo, sozinho. Eu te amo, mesmo que hoje você diga, que nunca quis me iludir.”
Fernando Moura. (via poetas-suicidas)

©